O Evangelho é o Poder de Deus

FAMÍLIA:"UM PRESENTE DE DEUS" - LIÇÃO 1

Pastor DIEGO TEODORODIEGO TEODORO
Pastor

17/05/2012


"SÉRIE FAMÍLIA" - UM PRESENTE DE DEUS.

LIÇÃO 1


UM CASAL DE DEUS


Texto Base: "Depois disto, deixando Paulo Atenas, partiu para corinto. Lá, encontrou certo judeu chamado Áquila, natural do Ponto, recentemente chegado da Itália, com Priscila, sua mulher, em vista de ter Cláudio decretado que todos os judeus se retirassem de Roma. Paulo aproximou-se deles. E, posto que eram do mesmo ofício, passou a morar com eles e ali trabalhava, pois a profissão deles era fazer tendas".


Introdução: Vivemos em uma sociedade em crise. Isso se dá em virtude das famílias também estarem em crise, ocasionando um problema em massa que só o evangelho pode resolver. Quando Deus une um homem e uma mulher, Ele possui o intuito de sarar às famílias por meio da sua palavra. Para tanto, se faz necessário que esse casal seja um "casal de Deus", pois só assim, conseguiremos ter uma sociedade mais justa e igualitária que glorifique o nome de Deus nesta terra. Áquila e Priscila no texto de Atos nos dão algumas dicas de como isso funciona na prática.




Conteúdo


1 - A SOBERANIA DE DEUS

Paulo só teve a oportunidade de conviver com Áquila e Priscila, porque a soberania de Deus entrou em ação para o cumprimento dos propósitos do Senhor. Deus usou a maldade no coração de Cláudio para decretar que todos os judeus se retirassem de Roma. Isso obviamente, não foi por acaso, Deus estava intervindo mais uma vez na história da humanidade afins de que o seu querer viesse a ser realizado.


2 - DIRIGIDOS POR DEUS

Áquila e Priscila poderiam ir para outro lugar que não fosse Corinto, porém, a boa mão de Deus, dirigiu-os até aquele lugar para serem extremamente usados por Deus.

Coisa boa é poder ser dirigido por Deus, pois, quando Ele está no barco, pode vir o que vier a vitória é certa.


3 - UM CASAL EXEMPLAR

A bíblia nos assevera que precisamos ser irrepreensíveis em todos os aspectos e vertentes. O casal em apreço, demonstra que na área profissional eles também davam um belo exemplo. O texto bíblico nos diz que o ofício deles era fazer tendas, isto é, um digno e laborioso trabalho.

Muitos julgam ter uma chamada fenomenal e, a primeira coisa que passa na cabeça dos tais é não mais se envolver em trabalho secular, tornando-se assim, um obreiro extremamente pesado á igreja do Senhor. Áquila e Priscila nos dão mais uma vez um belíssimo exemplo que trabalhando com as mãos também é uma forma de fazer a vontade de Deus e glorificar o seu santo nome.



4 - A PALAVRA LEVADA A SÉRIO.

Após a criação de Eva no Éden, Adão proferiu as seguintes palavras: "E disse Adão: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; Esta será chamada mulher, porquanto do homem foi tomada". (Gên. 2.23)

Como podemos observar o casal levou esse texto acima supracitado á risca, pois não encontramos Priscila separada de Áquila e nem Áquila separado de Priscila. A união na vida desse casal era algo impressionante, de forma que, onde um estava, o outro estava também.

Indubitavelmente, se a nossa geração levar a sério a palavra como a mesma deve ser observada, muitas brechas serão tapadas e o inimigo não terá condições de fazer o que tem feito com nossas famílias.


5 - A PRESENÇA DO SACERDOTE E DA ADJUNTORA.

Um lar sem um sacerdote (homem) e uma sábia companheira (mulher) está fadado ao fracasso. É impressionante como deixar de seguir o modelo dado por Deus acarreta problemas imensos em uma família. Áquila era o sacerdote da sua casa e, este êxito só se tornou possível, porque ele era um servo de Deus que governava com bons exemplos. Já o caso de Priscila no papel de braço direito do esposo, só foi feliz porque se dedicou profundamente para que o objetivo fosse conquistado.

Com bons exemplos e dedicação, se constrói uma família nos ditames da bíblia, se tornando um lar pronto para vencer todas as intempéries da vida, glorificando assim, o nome de Jesus para sempre.



CONCLUSÃO: O apóstolo Paulo nunca foi um homem tolerante e conivente com aquilo que é errado. "E, chegando Pedro a Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível". (Gal. 2.11). Baseado na palavra, fica claro que nem de longe Paulo se submeteria a morar com uma família que vivesse uma fé de aparência, antes, sincera e genuína. Agindo assim, essa família trabalhou por trás das cortinas no Reino de Deus e teve um papel preponderante no ministério daquele que só perde para Jesus - o apóstolo Paulo.

Nem todos foram chamados para aparecer, mas sim, para participar. Todos nós devemos nos alegrar com a colheita nesta grande seara que iniciada pelo Mestre, deverá ser culminada pelas famílias que formam a maravilhosa igreja - "a menina dos olhos de Cristo". Conservemos as nossas famílias na casa de Deus por intermédio da palavra revelada pelo Espírito ás nossas vidas.

Pr. Diego Teodoro


Compartilhe este estudo:



Ver todos os Estudos Bíblicos
Templo Sede: Av. Antonio Batista Piva, 399 • Jd. Primavera • CEP: 13142-340
faleconosco@adpaulinia.org.br
COPYRIGHT © 2012 Assembleia de Deus Ministério Belém em Paulínia, SP
YouTube